Debaixo daquela Figueira

Dia da Bíblia
7 de dezembro de 2019
Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Espírito Santo
13 de março de 2020

Debaixo daquela Figueira

“Antes dele te chamar, eu te vi assentado debaixo daquela figueira.” (Jo 1:48)

Natanael tinha sua figueira, nós temos a nossa. O descrédito que ele conferiu ao Mestre foi retribuído por farta porção de amor. Sua surpresa certamente não era pela capacidade de Jesus enxergar. Sua localização era o que menos importava. Cristo sabia exatamente porque ele estava ali debaixo, o que passava em seu coração.

Já estive várias vezes debaixo de uma figueira, à sombra da existência. Primeiro a gente se abaixa, depois se acomoda e, por fim, se contenta com a penumbra. Os pensamentos oscilam, a mente desordena. O Senhor conhecia as batidas do coração de Natanael, cada uma de suas preocupações.

Na vida perdemos mais do que dinheiro, saúde e amigos. Nos perdemos de nós mesmos. Jesus não é a fonte de nosso encontro com alguma religião ou discurso. Ele é a ponte do nosso encontro conosco mesmo, com nosso próximo e com o Pai.

Naquele momento Natanael trocava, mesmo sem perceber, a sombra da árvore pela sombra do Onipotente, a sombra da figueira pela sombra da Videira. Convido você a fazer o mesmo. Antes mesmo dessa troca, “Eu te vi”, diz o Senhor.

Pr. Raphael Abdalla

Raphael Abdalla
Raphael Abdalla
Pastor Titular da Primeira Igreja Batista em Guarapari

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *